sem categoria

5 riscos que o clareamento dentário pode trazer quando não é feito pelo dentista

apple-17528_1280

O clareamento dentário é um dos procedimentos mais procurados atualmente nos consultórios odontológicos, devido à preocupação estética com o sorriso. Muitos homens e mulheres desejam remover o tom amarelado e manchas provocados pelo cigarro, bebidas escuras e outros fatores que deixam os dentes opacos.

O que muitas pessoas não sabem é o que clareamento dentário deve ser feito com o acompanhamento de um dentista que saberá prescrever o melhor tratamento para cada caso. Os clareamentos feitos em casa, com produtos não indicados para este fim, podem trazer sérias consequências à saúde bucal:

1- Irritação da gengiva 

Ao utilizar produtos caseiros que não foram prescritos pelo dentista, o paciente corre o risco de ter irritação na gengiva, acompanhada de dores e até mesmo sangramento. Lembre-se que o profissional especializado saberá indicar o melhor produto para clareamento.

2- Dentes Manchados

O famoso efeito rebote pode acontecer quando o produto errado é utilizado. Ao invés de ter os dentes clareados, o paciente poderá provocar várias manchas na face dental, e a remoção dessas manchas será mais difícil ainda em um tratamento posterior.

3- Porosidade 

Alguns produtos caseiros utilizados de forma equivocada para clareamento dental podem provocar porosidade excessiva nos dentes, tornando-os vulneráveis à problemas com cáries e outros desequilíbrios.

4- Desgaste do Esmalte

Outro problema muito comum provocado por produtos errados é o desgaste do esmalte essencial para a saúde dos dentes. Por isso, lembre-se de procurar um profissional dentista se desejar fazer um clareamento.

5- Feridas na mucosa bucal

O clareamento dentário feito com produtos não indicados, podem provocar feridas na mucosa bucal atingindo a língua, céu da boca e parte interna das bochechas de forma extremamente desconfortável.