Carol Fazu termina ‘Segundo Sol’ e vira Janis Joplin

Após interpretar a Selma na novela “Segundo Sol”, par da policial Maura interpretada por Nanda Costa, a atriz Carol Fazu volta agora na pele de JANIS JOPLIN num monólogo musical que fica em curta temporada no Teatro Cesgranrio até dia 20 de novembro, sábado.

O espetáculo “JANIS” mistura aspectos biográficos e ficcionais da cantora, com CAROL interpretando textos e canções, em que a atriz vai à essência e às emoções do personagem, sem reproduzir nem imitar Janis Joplin, a cantora com voz forte e marcante, lembrada pela atitude rebelde da geração beat.

-É uma junção de muitos pontos de vista sobre a vida da cantora. Tem um pouco das minhas experiências, um tanto de invenção, muitas falas ditas originalmente por Janis e também aquilo que a própria atriz Carol Fazu trouxe ao projeto”, descreve o dramaturgo Diogo Liberano

Janis Joplin acabou se tornando uma personagem intensa, contestadora, que não abriu concessões e foi um retrato de sua geração e da contracultura dos anos 60. Idealizado pela ‘f’ Carol Fazu, JANIS, o espetáculo mostra um pouco de sua vida, as emoções que experimentou  e suas reflexões sobre solidão, ambição, sucesso, amor, sexo, culpa, rejeição e família.

Acompanhada de banda CAROL FAZU interpreta canções como Cry Baby, Little Girl Blue, Kozmic Blues, Maybe, Me and Bobby McGee, Piece of my Heart, Mover Over, Mercedez Benz, Tell Mama e Try (Just a Little Bit Harder).  

 Serviço

“Janis” – monólogo musical com Carol Fazu – Teatro Cesgranrio (Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido – Tel.: 2103-9682) – (sábado, domingo e segunda) até 19 novembro de 2018, sábado, às 20h – Ingresso – R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia) – Vendas: www.ingressorapido.com.br – Classificação: 14 anos

Ficha Técnica  – Idealização e interpretação: Carol Fazu – Dramaturgia: Diogo Liberano – Direção geral: Sergio Módena- Direção musical: Ricco Viana – Cenografia e figurinos: Marcelo Marques – Iluminação: Fernanda Mantovani & Tiago Mantovani – Banda: Max Dias (baixo), Arthur Martau (guitarra), Kim Pereira (bateria), Marcelo Cebukin (saxofone) e Antônio Van Ahn (teclado) – Programação visual: Cacau Gondomar- Direção de produção: Alice Cavalcante e Ana Velloso – Produção executiva: Alice Cavalcante, Ana Velloso e Vera Novello – Produção e Realização: Sábios Projetos e Lúdico Produções

 

Twitters