Fique atenta aos perigos do diabetes gestacional

O diabetes gestacional não é para assustar mas deve-se ficar atenta. Segundo a endocrinologista Dra. Amália Lucy Querino o problema é uma alteração hormonal que causa a intolerância a carboidratos e nem sempre pode ser prevenido porque está em parte relacionado às alterações hormonais, típicas da mulher grávida, causadas pela placenta para assegurar alimento (açúcar) ao embrião.
A disglicemia é a alteração metabólica mais comum na gravidez, definido como uma alteração da glicemia de qualquer grau, detectada pela primeira vez nos exames do pré natal. A ocorrência da doença tem aumentado nas últimas décadas, devido ao sobrepeso na população e ao fato de as mulheres estarem adiando a hora de engravidar.
No caso de a mulher já ser diabética antes da gravidez há um risco maior de malformações, pois o açúcar alto interfere na fertilização e implantação do embrião. Esse fato faz aumentar o risco de aborto precoce, defeitos congênitos graves e retardo no crescimento fetal, sobretudo nos casos tratados de maneira inadequada.
Não é incomum de a mulher só descobrir que é diabética nos exames do pré-natal. Por isso, o ideal é uma gestação programada e, na presença de fatores de risco (obesidade, idade maior que 35 anos e história familiar) aconselha-se o rastreio de diabetes, para evitar aquelas complicações da fase inicial mencionadas.
– Muitas vezes a doença aparece na segunda metade da gestação, na medida em que a placenta amadurece e libera mais hormônios. A única maneira de saber é fazendo o teste de glicose no pré-natal e, se necessário, o teste de tolerância a glicose. Acima de tudo a prevenção é o melhor remédio. Caso não haja contraindicação obstétrica inicie ou não deixe de fazer atividade física e mantenha uma alimentação equilibrada evitando grande quantidade de carboidratos e bebidas açucaradas. Sempre com orientação médica – alerta a Dra. Amália Querino

Dra. Amália Lucy Querino – Clínica geral e endocrinologista
Professora da Faculdade de CIências Médicas IPEMED – Contatos: Tel: 2521-2232 – 99627-6362 – Tel: 2284-0649
Consultório Barra: Americas Medical City, Av. Jorge Curi, 550, Sala 255