Ações Sociais Noticias do Rio

HemoRio e Inca buscam saídas para queda em doação de sangue

Através de descontos e até corridas gratuitas em aplicativos de transporte e unidades móveis o HemoRio e o INCA (Instituto Nacional do Câncer) tentam reverter a queda de mais de 50% em doações de sangue no Rio, desde o início da Pandemia do Novo Coronavírus.

– Os tratamentos de quimioterapia e radioterapia continuam e estes pacientes precisam de transfusão. O HemoRio tem um projeto de unidades móveis em condomínios, com funcionários levando a estrutura até os locais e usam equipamentos de segurança – destaca a médica do Inca Marcella Vasconcellos.

Os médicos ressaltam que doar sangue não deixa o doador mais suscetível a infecção Covid-19, “as evidências mostram que não há risco de alguém pegar o Covid pela doação ou transfusão de sangue” – explica o diretor do Hemorio, Luiz Amorim. Porém ele informa que quem teve contato com alguém diagnosticado com a Covid-19 precisa esperar 30 dias para fazer a doação. A pessoa que teve a Covid-19, mas com sintomas leves, tem que esperar 90 dias e o paciente que teve a doença e precisou ser internado, deve esperar um ano para poder doar.

Para maior conforto o atendimento é feito com hora marcada, sem precisar esperar, para dar mais segurança.

– HEMORIO – R. Frei Caneca, 8 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20211-030Telefone(21) 2332-8611

http://www.hemorio.rj.gov.br/

– INCA – Praça Cruz Vermelha, 23 – Centro. Tel.: (21) 3207-1000

https://www.inca.gov.br/