fbpx
Blog do Rio Saúde & Bem Estar

O combustível ideal para começar 2020 em plena forma

Especialista indica as melhores e piores escolhas alimentares para garantir resultados com saúde

Todo mundo quer ficar em forma (ainda mais nessa época do novo ano) e isso não tem grandes segredos: é questão de comer bem e se exercitar devidamente. Mas sempre ficamos na dúvida sobre o que comer antes dos exercícios. Ainda mais porque a resposta óbvia é um dos grandes vilões das dietas: carboidratos. Mas existem maneiras de conciliar a energia necessária para malhar com a busca pelo peso desejado.

Batata doce, frango, sucos naturais sem açúcar, abacate, biscoitos de arroz, açaí em pequenas quantidades e as populares barrinhas (de boa procedência ou feitas por você mesmo) podem ser soluções.

Existe também o Whey protein. O suplemento proteico é indicado pelos profissionais quando a pessoa já está mais de duas a três horas sem consumir nada de proteína. É recomendado consumir com algum acompanhamento de carboidrato como, por exemplo, o farelo de aveia.

Já opções como a carne vermelha (de lenta absorção) e as castanhas não são indicadas – isso por que as castanhas são, majoritariamente, fontes de proteína e lipídio (gordura), com pouco carboidrato em sua composição. A médica Yara Dantas, especialista em Nutrologia, lembra a importância das escolhas:

“Nós precisamos de energia para fazer os exercícios  para ganhar massa muscular. É importante não ficar se guiando pela Internet ou modismos e procurar um profissional que ajude a escolher as melhores opções”, ressalta. 

Rio Notícias

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Clip da Semana