Relações bilingues. Melhor aprender idioma por amor

O tema deste artigo é realmente muito interessante. Vamos falar sobre relacionamento
amoroso e o aprendizado de idiomas.

Fica mais fácil aprender um idioma se houver amor envolvido? Sabemos que o mundo possui 7 bilhões de pessoas de diferentes países, culturas e nacionalidades, mas se existe algo sem fronteira, é o amor.

Vamos supor que você é brasileiro (a), solteiro (a) e na intenet começou a puxar papo com um (a) japonês (a). Depois, surgiu um sentimento mais forte entre vocês e a vontade de encontrar ficou maior. O maior problema além da distância entre os dois países,
poderá ser a comunicação entre vocês. Se o (a) asiático (a) não souber falar inglês corretamente, só resta um ensinar ao outro o idioma nativo. Você poderá ensinar o português e ele (a) te ensinar o japonês.

Não precisa ir tão longe, se você encontrar alguém aqui da América do Sul, bons professores de espanhol poderão te ajudar a ter um relacionamento mais estreito com a  outra pessoa. Realmente a tecnologia nos coloca em situações favoráveis e devemos
aproveitá-la sem sombra de dúvidas. Os aplicativos estão aí para provar isso, então, vale a pena observar e testar alguns deles para melhorar o seu aprendizado.

O amor de fato aproxima as pessoas e e houver dedicação e paciência de ambas as partes, certamente este relacionamento ficará mais fácil e a comunicação fluirá sem maiores problemas. Lembre-se que sinais e gestos são poderosas formas de
comunicação, portanto, no começo do relacionamento, será essencial. Assim que for aprendendo o idioma do outro as conversas fluirão com mais naturalidade.

O casal pode estudar junto na internet vendo filmes, ouvindo músicas, escutando áudio books, lendo sites de notícias e quando surgirem as dúvidas, ficará mais fácil administrar e explicar todo o processo. A vida é muito interessante e sua alma gêmea pode estar no outro lado do planeta, e não há obstáculo algum que possa atrapalhar o romance de vocês. Lembre-se que tudo corre conforme o destino quer, portanto, tenha fé que não ficará sozinho (a) pelo resto da vida.

Leve em consideração que traduções literais das expressões nem sempre são bemvindas, pois, cada país possui uma cultura diferente e explicações para as palavras devem ser respeitadas. Nem sempre em português uma palavra terá o mesmo sentido em
japonês e vice versa.

Podemos dizer que cientificamente não nada provado no tocante a eficácio do amor no aprendizado de idiomas, mas uma coisa é certa: se o amor for verdadeiro irá superar várias barreiras de comunicação e isso é muito bom. Falar um idioma é sempre bom em
todas as circunstâncias, portanto, se você tem um amor a distância e não consegue se comunicar, não desanime! Deixe as coisas acontecerem normalmente e um ensina ao outro a língua pátria. Ensine os gestos e expressões e também as gírias que a conversa
entre vocês será totalmente diferente. Uma coisa é certa: não há fronteiras para o verdadeiro amor!

 

Twitters

    Please check your internet connection.