Saúde & Bem Estar

Vai viajar com crianças? Pediatra dá dicas de saúde e cuidados com os pequenos!

Planejar, organizar e levar uma dose de paciência na bagagem são essenciais quando se pretende realizar uma viagem com crianças. Para que tudo dê certo e a experiência seja divertida, é preciso levar em conta alguns cuidados. Entre eles, muitos relacionados à saúde, já que os pequenos estão sempre mais susceptíveis à mudança de temperatura, influência do ar-condicionado, entre outros aspectos relacionados à transmissão de vírus e bactérias. Por isso, a Criattiva Turismo e o médico pediatra Edson Correia da Silva elencaram dicas importantes para os pais.

“As crianças ficam doentes mais facilmente que os adultos e, por isso, não podem deixar de ser cuidadas na hora de viajar. A gente tem que pensar em malas com agasalhos e até levar uma caixinha de remédios para alguma emergência. Por isso, sempre consultamos nossos pediatras”, afirma Iza Simão, consultora de turismo da Criattiva Turismo, que tem um pequeno de 1 ano. Já Dóren Faria, também consultora de turismo e com uma filha de pouco mais de 2 anos, recomenda que os pais tomem todos os cuidados para que a criança não saia muito de sua rotina. “Isso irrita os bebês e acaba prejudicando-os”, afirma.

O pediatra Edson Correia dos Santos concorda. Para ele, quem tem que sair da rotina são os pais. “O tempo das crianças pequenas é diferente dos pais. Elas podem ficar doentes de um minuto para o outro”, diz. Edson tem um perfil no Instagram (@ospediatras) onde compartilha dicas de saúde. Para os viajantes da Criattiva Turismo, ele separou alguns cuidados e recomendações. Veja:

1.       Na hora do destino, devemos escolher um lugar que tenha boa assistência médica e um bom hospital.

2.       O local da hospedagem deve ser bem arejado, bater sol e não ter cheiro de mofo.

3.       Também devemos nos atentar às condições de higiene e aos brinquedos que podem trazer riscos.

4.       O desconforto de uma viagem deve ser do casal, nunca da criança. É preciso respeitar os horários de sono, banho, comida e lazer.

5.       Na mala, devemos levar roupas adequadas ao tipo de clima que vamos enfrentar.

6.       A alimentação depende da idade da criança: acima de 1 ano pode comer a dieta dos pais, desde que saudável.

7.       No caso de bebês, devemos tomar cuidado com as papinhas. Existem papinhas prontas, sem conservantes, fechadas à vácuo e sem risco de contaminação.

8.       O cuidado onde se come deve ser redobrado, por conta dos riscos de intoxicação alimentar.

9.       Como médico, tenho o hábito de receitar aos meus pacientes medicamentos como antibióticos, antialérgicos, antitérmicos, analgésicos e remédios para vômitos. Assim, os pais podem levar esses medicamentos e, em caso de necessidade, consigo orienta-los via WhatsApp, sem precisar acionar o médico do seguro.

Rio Notícias

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário